fbpx
O mundo do Design de Interiores: Tudo o que você precisa saber | Blog Unigran Net

Uma das profissões muito conhecidas e que vem atraindo bastante atenção de quem está escolhendo a sua carreira é a de designer de interiores

Com muitas pessoas buscando a otimização de espaço em suas casas, escritórios ou lojas, a demanda por esses profissionais é cada vez maior. E para aqueles que desejam atuar nesse mercado, a graduação de Design de Interiores é o primeiro passo! 

Nesse artigo você conhecerá um pouco da origem dessa profissão, o dia a dia e alguns ícones do design. Acompanhe!

A origem do Design de Interiores:

Tal como a maioria das profissões, o design de interiores também teve origem há muitos anos atrás. Os primeiros indícios de profissionais que procuravam otimizar o uso do seu espaço estão na antiguidade. E por mais que a origem divida opiniões, acredita-se que a história do design de interiores começou no Egito antigo.

Naquela época, mais de mil anos antes de Cristo, a população precisava construir suas casas com barro. Pela falta de florestas na região, a decoração não podia ser inteiramente feita de madeira, então eles buscavam alternativas com tijolos, além dos tapetes de palha,  peles de animais e materiais como vime e junco para o desenvolvimento de móveis.

Foram os egípcios que normalizaram o uso de camas, mesas, cadeiras e bancos no cotidiano. O baú, por exemplo, era muito utilizado para substituir os usuais armários.

Pulando para o século 17 e 18, a decoração tornou-se uma responsabilidade do arquiteto. Portanto, para completar o projeto, profissionais nos Estados Unidos e no Reino Unido começaram a convidar artesãos para decorar o interior das construções.

Mais a frente, na metade do século 19, parte da população queria demonstrar riqueza e exibir o seu status social. Com isso, essa área de atuação passou por uma expansão, já que as pessoas queriam manifestar isso através de objetos simbólicos na decoração de suas casas. Surge então a diversidade de mobílias e materiais.

Os designers independentes e até amadores passaram a ter maior visibilidade e uma comunicação direta com seus consumidores no início do século 20. Os varejistas foram perdendo um pouco de sua força e dando espaço para ampliar os estudos e conhecimento dessa área. Tudo isso foi essencial para a consolidação da profissão na metade do século. 

O Design de Interiores no Brasil:

Criado em 1959, o Instituto de Arte e Design foi a primeira escola paulistana a oferecer cursos na área. Com o tempo, novas escolas perceberam a busca pelo curso e começaram a ofertá-lo também.

Mas, o termo “Design de Interiores” levou um pouco mais de tempo para ser criado, antes dele os profissionais que atuavam na área eram conhecidos como “arquitetos de interiores” ou “decoradores”. Foi em 1990 que o Ministério da Educação e Cultura passou a utilizar o termo que hoje usamos.

O dia a dia do Designer de Interiores:

Por mais que a área pareça muito segmentada e que todos os profissionais vão fazer exatamente a mesma coisa, não é bem assim!

Além de lidar com iluminação, os profissionais graduados na área podem optar pela criação de móveis, paisagismo e até projetar os mais diversos espaços, sendo eles o interior de uma casa, salas comerciais ou demais construções.

Com isso, o dia a dia dos design de interiores têm ritmos diferentes. Um projetista, por exemplo, irá passar a maior parte do seu tempo de trabalho no escritório, em frente ao computador. Porém, existem também aqueles profissionais que preferem colocar a mão na massa e estar presente na obra, nesse caso ele se especializa no gerenciamento de obras.

Qual a importância da sua atuação no imóvel?

Os projetos de interiores não são mais serviços luxuosos como eram vistos antigamente. Isso porque é evidente que o interior de um ambiente, seja ele residencial ou comercial, é a parte mais importante de uma construção. Por isso, a sua construção não pode ser apenas esteticamente bonita.

Cada espaço do ambiente deve ser pensado estrategicamente com o objetivo de explorar o melhor que aquele local tem a oferecer, priorizando a qualidade, o conforto e claro, também a valorização estética de acordo com a personalidade de cada cliente. 

(Fonte da Imagem: Polo Cuiabá).

Uma distribuição adequada feita por um designer de interiores irá resultar no melhor aproveitamento daquele espaço. Com isso, será possível criar locais de permanência e focar na hierarquia do espaço. 

A criação do projeto:

O projeto do imóvel é a forma em que o Designer de Interiores apresentará para o cliente as soluções para cada ambiente. 

Uma vez que o profissional tem amplo conhecimento na área será possível então apresentar as melhores disposições dos cômodos, incluindo o tamanho, iluminação e, futuramente, a sua própria decoração que também precisa ser feita de maneira estratégica. 

Para começar a elaborar o projeto é o estudo do espaço que está disponível para trabalho, além da rede elétrica e as disposições de tomadas. Em cima dessas informações somadas aos desejos do cliente é que serão propostas soluções capazes de atender os requisitos funcionais e estéticos. 

Falando sobre a iluminação, é preciso entender quais serão as atividades realizadas naquele cômodo e propor soluções estratégicas para cada um deles. Em um escritório, por exemplo, o designer buscará por luzes diferentes das que serão funcionais em uma cozinha.

Leia também: Luz quente ou luz fria?

Designers de Interiores que são referência no Brasil:

Agora que você já está bem informado sobre o que faz um designer de interiores e qual a origem dessa profissão, conheça alguns profissionais que são referência no Brasil e no mundo:

Marcelo Rosenbaum:

Arquiteto e designer bastante conhecido pelas transformações e reformas que realiza em cômodos e casas contemplados em quadros de programas de TV brasileiros.

Márcia Muller:

Desenvolveu projetos de design de interiores em casas, edifícios residenciais e comerciais. As criações já foram exibidas na CasaCor e em programas televisivos.

Isay Weinfeld:

Arquiteto e designer brasileiro reconhecido internacionalmente pelos seus projetos residenciais e corporativos, o trabalho de Isay é marcado pelo minimalismo e elegância.

Paulinho Peres:

Designer de interiores brasileiro com mais de 15 anos de experiência na área. Conhecido por seus projetos em mansões e empreendimentos comerciais de alto padrão.

Agora que você já conhece o Mundo do Design de Interiores na teoria, que tal ouvir um pouco mais sobre essa área de atuação com profissionais da área?

A Jornada Acadêmica de Design de Interioresé um evento totalmente on-line e gratuito promovido pela Unigran EAD a fim de colocar alunos em contato com profissionais experientes da área para tirar todas as dúvidas e aprender além dos conteúdos da aula. Inscreva-se clicando aqui!


Postagens Relacionadas