fbpx
Como fazer a introdução de uma redação? | Blog Unigran Net

Sem dúvidas a redação é uma das maiores preocupações dos estudantes seja no ENEM ou no vestibular. Com todas aquelas informações e tudo o que estudou, por onde você deve começar?

As dúvidas são muitas e por isso vamos te ajudar! Essa é a sua hora! Pegue papel, caneta e junte todas as nossas dicas de como montar a introdução da sua redação!

DESVENDANDO A INTRODUÇÃO:

Uma redação dissertativa argumentativa é dividida em três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão.

E é na introdução que você deverá apresentar ao seu leitor qual será o conteúdo desenvolvido nas demais partes do texto. A função é mostrar a sua narrativa e tentar despertar, através dela, uma atenção e curiosidade para que aguce a leitura.

Para atingir tudo isso há algumas estratégias que podem ser utilizadas por você. Dentre elas está o uso de alusões, dados estatísticos ou comparações. Estas mostram ao avaliador que você tem conhecimento em diversas áreas para desenvolver o tema proposto.

No caso do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), ao utilizar alusões, sejam elas históricas ou artísticas, o candidato atende parte da segunda competência da redação que é “compreender o tema proposto”.

Isso porque a partir da compreensão do tema, o escritor foi capaz de buscar referências e usá-las como comparativo à situação apresentada. Os dados estatísticos também fortalecem essa competência.

Contudo, a segunda estratégia também está totalmente relacionada às alusões, dados, comparações e as formas de iniciar a sua redação. Já que nesse primeiro momento é essencial que você mostre originalidade ao seu texto.

Atuando como um bônus em termos de nota, essa originalidade deve ser construída a fim de evitar construções previsíveis. Então, deixe os cenários e falas clichês para os filmes e na hora de começar a redação: fuja do genérico!

Quando você não é apenas “mais do mesmo” e mostra que além de ter domínio sobre o tema, boa linguagem e coesão, também consegue ser original, a sua redação tende a ganhar pontos com o avaliador.

A REAL FUNÇÃO DA INTRODUÇÃO:

Uma boa introdução é construída quando você entende qual a função dela. Pois mesmo que você tenha as melhores palavras, alusões e frases a seu favor, de nada adiantará se ela não atender ao seu respectivo objetivo.

É preciso então dar total relevância à questão em debate, já que é a partir dela que o avaliador terá a percepção de que o candidato compreendeu ou não a proposta.

Além disso, a função da introdução é especificar qual será o ponto de vista a ser defendido durante o desenvolvimento e conclusão da redação.

E claro que uma introdução deve ser capaz de atrair o leitor. Por isso é indispensável que você dê aquele leve spoiler de quais serão os argumentos que vão sustentar a sua tese durante o desenvolvimento da redação.

OS MODELOS INDICADOS PARA INTRODUÇÃO:

Após entender as funções da introdução, existem modelos que podem ser tidos como base para essa construção. Os principais são:

Citação

Se você conhecer uma citação relacionada ao tema, você pode usá-la como gancho para começar o seu texto.

Essa citação pode vir a ser uma música, série ou até um filme que você assistiu. Essas três opções são grandes ideias de relacionar a mensagem artística com a situação real apresentada.

Exemplo: “A série americana Grey’s Anatomy, mostra em um de seus episódios o caso em que um paciente se recusa a ser atendido pela médica Miranda Bailey, apenas pelo fato dela ser negra. Fora das telas, milhares de profissionais precisam lidar com racismo em seus ambientes de trabalho…”

Definição

Caso não se lembre de nenhuma referência artística ou citação, outra forma fácil de iniciar o seu texto é fazer uma definição acerca do tema. Ou seja, explicar o assunto que será desenvolvido.

Exemplo: “A gordofobia refere-se à falas e atos preconceituosos acerca de uma pessoa apenas por ela ter excesso de peso ou por ser obesa. Tal postura resulta em…”

Exemplificação

Nesse método, você iniciará a redação utilizando com exemplo algum dado estatístico, lei ou alguma notícia que esteja relacionada ao tema.

Exemplo: “Durante a pandemia enfrentada desde março de 2020, a cada nove horas, uma mulher é vítima de violência doméstica no Brasil. Esses números reforçam o quanto…”

Alusão histórica

Outro grande aliado para a introdução de uma boa redação é a alusão histórica. Ao escolher esse método, apresentará um fato histórico que remete ao tema a fim de compará-lo com a situação atual.

Exemplo: “Na Idade Média, os Tribunais do Santo Ofício julgavam e condenavam as pessoas que não praticavam o catolicismo. Nos dias atuais, a intolerância religiosa ainda é um problema recorrente…”

Nessa reta final para o ENEM e vestibulares, é muito importante estar totalmente focado. Use essas dicas para treinar a sua redação, dessa forma você ficará menos nervoso na hora da prova.

Mas fique atento! Saiba manter a ideia e desenvolver seus argumentos ao longo do texto. A introdução é apenas uma apresentação inicial do seu ponto.

Dito isto, desejamos boa sorte!

Leia também: Como fazer um texto nota 1000?


Postagens Relacionadas