fbpx
10 mudanças de hábito para economizar dinheiro | Blog Unigran Net

Uma das formas de realizar os objetivos é por meio de duas simples palavras: economizar dinheiro. No entanto, algumas pessoas tem dificuldade de investimento e controle de gastos, um hábito que pode ser aprendido com apenas algumas mudanças em sua rotina.

Como qualquer hábito, a disciplina é essencial para o sucesso e mudança. Ao contrário que se pensa, não são apenas compras caras que consomem o orçamento mensal. Outros gastos pouco notados também podem comprometer suas finanças.

Deseja mudar esse cenário e economizar dinheiro para realizar seus sonhos e objetivos de vida? Listamos 10 simples mudanças que podem ser feitas para te ajudar a economizar!

1. Tenha objetivos bem definidos para economizar dinheiro

Uma vida sem grandes sonhos e objetivos é um excelente motivo para gastar dinheiro à toa. Sendo assim, sempre tenha objetivos claros e coloque metas alcançáveis a curto, médio e longo prazo. Além disso, defina uma quantia de dinheiro que será guardada para realizar o seu objetivo específico.

2. Anote os seus gastos

economizar dinheiroMuitas pessoas com dificuldades financeiras não sabem quais são seus gastos fixos e variáveis mensais. Esse pequeno descuido causa grandes problemas ao orçamento, sendo um dos maiores empecilhos para uma vida financeira saudável.

Então, não pense que somente grandes gastos é que fazem estragos na vida financeira, isso é um grande engano. Os pequenos gastos, quando somados, podem dar um grande desfalque ao orçamento mensal.

Para mudar, anote todos os seus gastos diários e mensais, assim é possível saber em que está gastando seu dinheiro. A melhor alternativa é ter uma planilha no Google Docs, no excel ou até mesmo em papel, só não esqueça de anotar tudo!

3. Pare de comprar por impulso

Algumas ações do comércio podem nos deixar tentados a comprar, sendo bem comum utilizarmos a frase: “Está em promoção!”. Outras vezes, compramos para preencher algum problema emocional, de relacionamento ou no trabalho. Todas essas compras são feitas por impulso e podem causar prejuízo financeiro.

Para evitar isso, seja firme! Analise se realmente precisa comprar mais um item igual ou que será pouco usado. Além disso, lembre-se que essas compras tem a capacidade comprometer a realização de sonhos e objetivos no futuro.

4. Use dinheiro, esqueça o cartão de crédito

O cartão de crédito aumenta o descontrole financeiro. Isso porque ao usar o cartão, não temos exata noção da quantia que estamos gastando. Sendo um grande empecilho para economizar dinheiro,  já que ele tem a taxa de juros.

Para evitar o problema, retire uma quantia mensal de dinheiro para cobrir seus gastos, evitando o uso do cartão. Quando for fazer compras em lojas, supermercado e outros comércios, use sempre dinheiro vivo!

5. Corte gastos supérfluos

Evite contratar serviços que serão pouco utilizados, busque opções mais baratas e alternativas. Alguns serviços como assinatura de jornal, revistas, entre outros, podem não ser mais necessários. A internet possibilita o fácil acesso as mesmas informações, de forma gratuita.

Outra dica para cortar gastos supérfluos, é preparar a própria alimentação, evitando sair com frequência para restaurantes. Prepare o seu café da manhã, almoço e jantar, assim seus gastos com refeições fora de casa diminuirão drasticamente.

6. Faça uma reserva financeira

guardar dinheiro

Ter uma reserva de dinheiro é sempre recomendado, seja você empregado CLT, funcionário público, autônomo ou empresário. Ao guardar todo mês uma quantia, você tem mais tranquilidade para as adversidades futuras.

O ideal é ter, pelo menos, seis meses de reserva financeira no banco. Para que, caso perca o emprego ou aconteça algum imprevisto, você poder se manter com a reserva guardada.

7. Utilize aplicativos financeiros

Ao utilizar aplicativos financeiros, você pode ter um maior controle do orçamento mensal. Com ele, você pode anotar seus gastos imediatamente na hora da compra, facilitando a administração e monitoramento, além de conseguir se planejar melhor para guardar e investir seu dinheiro para projetos futuros.

8. Invista seu dinheiro

Posteriormente a economizar e cortar gastos, e guardar dinheiro na conta para eventuais imprevistos, cabe  investir corretamente o dinheiro . Mesmo que for mais conservador, coloque o dinheiro em um conta poupança. Se preferir, faça investimentos de baixo risco que, a longo prazo, rendem mais que a poupança.

9. Tenha uma meta para gastar

cortar gastos

Se o seu orçamento mensal for aberto, será muito difícil economizar. Sendo assim, defina uma porcentagem para cada categoria. Um forma que pode ser utilizada:

  • Gastos essenciais (moradia/contas/alimentação): 50% da renda mensal;
  • Estilo de vida (lazer/compras/qualidade de vida): 35% da renda mensal;
  • Estabilidade financeira (pagar dívidas/investir): 15% da renda mensal.

10. Guarde o dinheiro extra

Ao receber um dinheiro fora de hora, ou até mesmo de outros benefícios, o melhor é guardar. Muitas pessoas ao receber um dinheiro extra, gastam sem pensar. Evite esse hábito!

A quantia do dinheiro extra pode ser usada para investimento ou para aplicar a carreira, aperfeiçoamento profissional ou até pagar dívidas existentes. Lembre-se que todo hábito requer determinação, paciência e disciplina constante!

Enfim, gostou das 10 dicas para economizar dinheiro e quer conhecer melhor a área de Ciências Contábeis? Então, conheça o curso de graduação a distância em Ciências Contábeis  e o MBA em Contabilidade Gerencial e Controladoria, oferecido a distância pela Unigran EAD!



Postagens Relacionadas