fbpx
O que significa o “404 página não encontrada”? | Blog Unigran Net

Imagine que você entrou em uma rua esperando visitar um amigo e, de repente, a casa dele não está mais lá. É exatamente isso que acontece quando você recebe o aviso de “Erro 404 página não encontrada”. 

Se você gosta de fazer buscas na internet, é muito provável que já tenha esbarrado no famoso “Erro 404”. Mas afinal, de onde surgiu esse termo, o que ele significa e como você pode resolvê-lo? 

Origem do nome “Erro 404”?

Ao pesquisar a origem desse nome é possível encontrar duas justificativas. A verdadeira e a que foi criada como teoria por alguns internautas.

A teoria tem como base o primeiro servidor de internet do mundo. Originado na Europa, no começo dos anos 90 e em um dos maiores centros de tecnologia do mundo, o CERN. 

Nesse grande centro, trabalhava o cientista Tim Berners-Lee, criador do protocolo “www” e sua sala era numerada como 404. Mas, ele raramente era encontrado em seu escritório. 

Portanto, na hora de definir o padrão que orientasse os programadores ao erro de “não encontrar um site”, resolveram nomeá-lo como o número 404, em referência a sala do grande cientista.

Dessa forma, Tim Berners-Lee foi associado a essa teoria de forma engraçada. 

Em contrapartida a essa grande teoria, temos a história que originou o nome desse erro. Através de Robert Cailliau, um dos denominados “pai” da internet. 

Durante as primeiras experiências de navegação, as tentativas que não eram bem sucedidas precisavam ser especificadas de uma forma de fácil memorização para que não fosse confundido com outro. 

Por essa razão, surgiu a ideia de usar intervalos numéricos para cada uma das categorias de erros. Nesse caso, dentre as muitas variáveis, a casa dos erros 400 referem-se aos erros causados pelos usuários.

Dessa forma, a página não encontrada foi nomeada como o conhecido erro 404.

O que é o “Erro 404”?

Basicamente, o Erro 404 acontece quando alguém tenta acessar uma página que não existe, que foi excluída ou que foi movida sem a alteração adequada da URL. 

Ao visitar uma página, o navegador envia uma solicitação ao servidor e recebe dados de volta. O chamado cabeçalho HTTP, responsável por esses dados, inclui códigos de status que explicam o que acontece com a sua solicitação.

Em solicitações positivas, não se vê esse código, a menos que você o procure. Porém, quando algo dá errado, seu navegador exibirá a mensagem do código de status estabelecido pelo HTTP.

No caso do Erro 404, o código apresentado para indicar o problema pode ser citado de várias formas. Geralmente é apresentado em preto em uma página com fundo branco. Porém como há diferentes navegadores, há também algumas variáveis da mensagens de erro. Algumas são:

  • Erro 404
  • Error 404 Not Found
  • 404 não encontrada
  • O URL solicitado [URL] não foi encontrado no servidor
  • Erro HTTP 404
  • Erro 404: página não encontrada
Exemplo de página de erro (Fonte da imagem: Glbimg).

Como resolver o Erro 404 sendo usuário do site?

Se você é um visitante, pode usar alguns métodos diferentes para resolver um problema de navegação:

  1. Atualize a página – Essa dica simples vale para diferentes falhas na internet. Então, sempre que uma página não mostrar uma informação corretamente, dê um F5.
  2. Verifique a URL – Confira se digitou corretamente o site desejado no navegador. Às vezes, uma letra ou apenas um ponto no local errado, geram um direcionamento para uma página inexistente.
  3. Limpe o cache – O cache do navegador é o local onde ficam armazenados dados dos sites visitados com frequência, assim ela é carregada mais rapidamente. Porém, em alguns momentos esses dados com informações novas podem ser incompatíveis. Por isso, vá nas ferramentas, limpe o cache e tente novamente. 
  4. Use um antivírus – Aplicar uma proteção no seu navegador garante que nenhum vírus impeça o bom funcionamento das páginas.
  5. Entre em contato – Se essa página for muito importante para você, tente entrar em contato com o administrador do site para que ele resolve o problema.

Ah! É importante lembrar que em alguns casos a página foi realmente tirada do ar ou teve a URL alterada e mudou de endereço. 

Como resolver o Erro 404 sendo proprietário do site?

Agora, se você é o proprietário do site, existem outras ferramentas que você pode utilizar:

  1. Reveja as páginas excluídas – Se você eliminou páginas do seu site, deve considerar que os motores de busca podem tê-las encontrado e indexado. Ou ainda, sua página pode ter sido ligada a outro website. Nesse caso, o ideal é direcionar esse link para a página inicial do seu site, por exemplo.
  2. Confirme as autorizações – No caso de um incidente deste tipo junto a uma mensagem de “Não tem autorização….”, faça checagem das suas permissões e ficheiros/pastas. As taxas variam de acordo com a sua hospedagem, então se certifique das suas compras.
  3. Fiscalize o limite de memória – Mesmo que não seja diretamente relacionado, a falta de memória podem ocasionar erros no funcionamento do seu site. Então, ative a notificação para que você seja avisado sempre que a memória for insuficiente e, assim, entre em contato para aumentar a memória disponível.
  4. Resolva problemas com ficheiros .htaccess – Este é um arquivo de configuração que pode controlar redirecionamentos, proteger os seus diretórios e reescrever URLs, entre outras opções. Em muitos casos, os erros do tipo 404 podem ser resolvidos através da regeneração deste arquivo.
  5. Confirme a configuração do certificado SSL – Se, após a instalação do certificado SSL, o seu site apresenta este erro, significa que o certificado não foi instalado corretamente. Verifique novamente a config e certifique que a versão SSL está vinculada à URL.

É muito difícil não apresentar uma página com o erro 404. Sendo assim, você pode personalizar o seu site para que ele seja amigável com seu visitante. 

Personalize a sua mensagem de erro e tente direcioná-lo para que não abandone a página, desapontado por não ter encontrado o que procurava. 

OUTROS ERROS COMUNS (408/500)

Existem outros erros que acontecem devido a alguma má programação dos sites ou ausência de informações. 

O 408, por exemplo, ocorre quando o servidor reconhece um grande intervalo entre a conexão IP, o cliente e a página acessada. Já no caso do Erro 500, o problema está relacionado a programação e a necessidade de atualização no provedor.

Vale ressaltar que, por mais que muitos não percebam, os sites que geram muitos erros 404 podem ter problemas de desempenho. Se a URL estiver incorreta, isso irá diminuir a capacidade do Google de encontrar a sua página e, consequentemente, isso terá um efeito negativo no alcance de novos acessos. Afinal, ninguém quer ficar esbarrando em erros durante suas pesquisas.

Quer saber mais sobre o assunto e combater todos esses erros? Conheça o curso de graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Unigran EAD. 

O Blog da Unigran EAD é atualizada semanalmente com novos conteúdos! Para ler outros artigos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas ou de nossas outras graduações, clique aqui!


Postagens Relacionadas