fbpx
Turismo de eventos: você conhece? | Blog Unigran Net

Antes conhecido somente com um conceito de momento de lazer que definia o comportamento das pessoas que viajavam para tirar férias e descansar, a área turística sofreu alterações no decorrer dos anos. Essas modificaram o cenário e deram oportunidade para inovações, como a ramo de Turismo de Eventos.

Perspectivas de crescimento do Turismo

O mercado turístico cresceu e caminhou otimista durante esse ano, visto que, foi reconhecido como um setor em franco crescimento no Brasil por encerrar 2016 com um saldo positivo e crescer 4,3% nos primeiros três meses de 2017. Considerado um importante segmento para a economia, é capaz de colaborar ainda mais para o desenvolvimento do país.

Segundo o Ministério do Turismo, houve uma elevação de 3,9% no movimento de viajantes no mundo no ano passado. No total, 1,2 bilhão de turistas percorreram o globo em 2016, cerca de 46 milhões a mais que ano anterior.

A Ásia e as ilhas do Pacífico foram as principais influenciadoras do crescimento mundial do turismo (8%), que foi impulsionado pela forte demanda de mercados regionais. A África também apresentou o mesmo crescimento, com grande recuperação após dois anos de baixo desempenho.

Já na Europa o crescimento de até dois dígitos em alguns destinos compensou reduções em outros. Enquanto as regiões Central e Sul foram as maiores contribuintes para o aumento de 4% na chegada de turistas internacionais ao continente americano em 2016, que somaram 201 milhões de viajantes.

Conforme a OMT (Organização Mundial do Turismo), 2016 foi o sétimo ano seguido de crescimento do segmento após a crise financeira global de 2009.  Diante desse cenário, a demanda por profissionais é grande. Quem opta por seguir uma carreira nessa área encontra muitas oportunidades de trabalho e chances para inovar no setor.

Mas afinal, onde se encaixam os eventos?

Esta área é específica para realização de encontros científicos e espetáculos, denominada pelo Ministério do Turismo brasileiro como Turismo de Eventos e Negócios. Nela entram os congressos, convenções, assembleias, simpósios, seminários, cursos, reuniões, sínodos, concílios, feiras, festivais, encontros culturais e outros.

Um dos principais objetivos é atrair pessoas durante o ano todo aos locais tipicamente dedicados ao turismo, mas que recebem turistas apenas em determinadas épocas. Isso porque os promotores realizam os eventos em época de baixa temporada, quando encontram facilidades em reunir um número significativo de participantes ao mesmo tempo em que possuem vários locais dispostos a sediá-los.

Considerando que esse segmento específico não necessita do período de férias, os eventos apresentam-se como uma solução ideal ao justificar a escolha dos destinos turísticos.

Como é o mercado de trabalho?

Ao trabalhar com eventos, o Gestor de Turismo lida com o planejamento, a divulgação, a organização e a execução dos mesmos. É um vasto campo de atuação que envolve diferentes áreas e setores. Confira mais detalhes sobre o mercado de Turismo:

  • Gastronomia: administração da qualidade dos serviços alimentícios oferecidos aos turistas de restaurantes, bares e estabelecimentos similares.
  • Hospedagem: administração da qualidade dos serviços oferecidos aos hóspedes de hotéis, pousadas, hostels, campings, entre outros.
  • Transportes: gestão das melhores opções de trajetos em empresas de transporte rodoviário, ferroviário, marítimo, fluvial e aéreo.
  • Lazer e Recreação: desenvolvimento de atividades recreativas em hotéis, cruzeiros, clubes, parques temáticos, entre outros.
  • Planejamento e Consultoria: identificação e desenvolvimento de planos turísticos para regiões e órgãos oficiais nas três esferas do governo. Além de consultoria para otimização dos serviços prestados por empresas do setor.
  • Docência e Pesquisa: ensino de turismo e pesquisas acadêmicas sobre o setor em instituições públicas e privadas de ensino superior e escolas técnicas.

Referências: Catho

Qual a média salarial?

A média salarial do profissional no Brasil varia entre R$ 1.800 e R$ 3.200. O que pode aumentar de acordo com a função realizada. Confira alguns cargos que podem ser ocupados por um profissional de Gestão em Turismo. E também sua remuneração média, de acordo com o Guia de Profissões da Catho:

  • Analista de Viagens: R$ 1.816,79;
  • Operador de Turismo: R$ 1.869,47;
  • Gerente de Turismo: R$ 1.955,00;
  • Coordenador de Transporte: R$ 3.227,97;
  • Coordenador de Alimentos e Bebidas: R$ 3.232,69;
  • Gerente de Eventos: R$ R$ 4.145,58;
  • Gerente de Hotel: R$ 4.528,95;

Então, não perca a oportunidade de se destacar nesse mercado em expansão. Inscreva-se agora mesmo no vestibular! Caso deseje saber mais detalhes sobre o curso, clique aqui.


Postagens Relacionadas