fbpx
O Sherlock Holmes da vida real | Blog Unigran Net

Sherlock Holmes é, sem dúvidas, um dos personagens fictícios mais famosos ao redor do mundo. Mas a sua criação, no final do século XIX, ainda levanta muitas questões acerca de sua existência fora dos livros. 

Nesse artigo você conhecerá um pouco mais sobre o escritor responsável pela vida desse detetive, quais as teorias que afirmam sua existência e algumas obras inspiradas em seus casos. Acompanhe!

Quem criou Sherlock Holmes?

(Fonte da Imagem: Pinimg).

O criador do detetive que conquistou muitos leitores ao redor do mundo é o escritor escocês Arthur Conan Doyle. Durante seus 71 anos de vida, ele deixou um imenso legado literário, incluindo Sherlock Holmes. 

Mas claro que esse não é o único personagem de Doyle. Na verdade, ele escreveu também muitos poemas e romances históricos. 

Contudo, é inegável que Sherlock Holmes foi a criação que mais marcou sua carreira e mais lhe rendeu sucesso. Com mais de 50 contos, o detetive é protagonista de quatro livros que são lembrados até hoje. 

Vale ressaltar que nem sempre houve um desejo constante de Arthur Conan Doyle em escrever as aventuras desse personagem. Por inúmeras vezes,  Doyle pensou em parar e se dedicar a outros gêneros. Entretanto, a pressão das editoras e o sucesso de vendas o fizeram continuar.  

Mas afinal, Sherlock Holmes realmente existiu?

Não há nenhuma confirmação de que Sherlock Holmes tenha existido. Porém, Doyle, o criador do personagem, se inspirou em uma pessoa real para criar o detetive da ficção. 

Inclusive, essa pessoa era o seu professor de medicina: Dr. Joseph Bell, da Universidade de Edimburgo, na Escócia.

(Fonte da Imagem: Tag Livros)

Joseph Bell nasceu em 1837 e se formou em medicina na mesma universidade onde posteriormente daria aulas. 

Além disso, Bell assumia o cargo de cirurgião particular da Rainha Vitória, era um poeta amado e um grande amante da natureza.

Porém, o que deixava os alunos fascinados era a sua capacidade dedutiva. Isso porque ele conseguia dizer sobre os pensamentos e sentimentos de seus pacientes se baseando apenas em como eles se movimentavam durante as consultas. 

Além disso, o médico também treinou sua audição para se tornar capaz de perceber as diferenças sutis nos sotaques dos indivíduos e observava suas mãos para determinar a profissão que exerciam. 

Consegue lembrar onde essa forte característica também está presente? 

Sherlock Holmes. A sua inteligência e a capacidade dedutiva de Boyle foram inspiração para criar o detetive. 

Mas, uma outra curiosidade é a aparência deles: ambos são descritos com nariz e o queixo angulares, testa alta e um brilho astuto nos olhos.

As milhares de adaptações:

As aventuras do personagem já foram adaptadas para o cinema e para televisão tantas vezes que Sherlock Holmes é considerado o personagem fictício mais adaptado da história.  

(Fonte da Imagem: i0 WP).

As aventuras de Sherlock Holmes (1939):

Primeiramente, nas telas de cinema,  Sherlock Holmes foi imortalizado na pele de Basil Rathbone. Na trama, Sherlock tenta evitar que seu inimigo, o Professor Moriarty, cometa o crime do século.

Visões de Sherlock Holmes (1976):

Nesse filme, o criminalista encontra-se tendo alucinações vívidas resultantes de seu vício em cocaína e até chega a fazer terapia com o próprio Sigmund Freud – médico neurologista e psiquiatra criador da psicanálise. 

Sherlock Holmes vs. Dracula (1978):

Estleman, o autor desse livro escreveu três histórias sobre o detetive. A principal delas fala sobre a morte do capitão de um navio. No enredo, o homem é encontrado em um porto da Inglaterra, e seu corpo tem todo o sangue drenado.

Sherlock Holmes: Biografia não autorizada (2006):

Após tantos livros de aventuras e loucuras, esse livro, publicado em 2006, conta a biografia de Holmes. Para isso, o autor se inspirou em episódios reais da história da Inglaterra, além dos incontáveis casos solucionados pelo detetive.

Sherlock Holmes (2009)

Nesse filme, o ator Robert Downey Jr. interpreta Sherlock trazendo à tona a versão bem humorada do personagem. A narrativa conta sobre um devoto das artes das trevas que tem um esquema maior em mente. Holmes e Watson precisam entrar então no mundo das tecnologias ocultas e estranhas.

Sherlock (2010)

A produção, que se passa nos dias atuais, foi ao ar entre 2010 e 2017 e teve 4 temporadas. A adaptação mistura elementos clássicos dos livros com toques modernos e apresenta um Sherlock autoproclamado como sociopata.

Enola Holmes (2020):

O filme narra as aventuras da irmã mais nova de Sherlock Holmes, Enola. O Holmes interpretado por Henry Cavill é uma versão menos heroica e mais humanizada do personagem. Contudo, os feitos de sua irmã chamam a atenção do detetive e ele precisa decidir como ser mais presente na vida de Enola.

Curiosidades sobre Sherlock Holmes

A importância de Sherlock Holmes ganhou proporções que ultrapassam as linhas das histórias das quais fazia parte. Entenda o porquê:

  • “Elementar, meu caro Watson”, apesar da famosa frase ser atribuída a Sherlock Holmes, ela nunca foi proferida por ele em nenhuma das histórias originais. Surgiu, na verdade, em uma versão feita para o teatro.
  • O personagem foi registrado no Guinness World Records como o personagem que tem mais aparições em filmes na história.

Se você gosta desse e de outros clássicos da literatura, venha conhecer a Graduação de Letras da Unigran EAD!

São oito semestres em que você estudará matérias como Teoria Da Literatura, Estudos Linguísticos, Didática Da Língua Portuguesa, Psicologia Da Educação, Semiótica e tantas outras disciplinas. 

Consulte as formas de ingresso clicando aqui

Leia também: Escritoras brasileiras na Literatura.


Postagens Relacionadas