fbpx
O que é uma incorporadora ou loteadora? | Blog Unigran Net

A incorporadora ou loteadora cumpre papel fundamental nos negócios imobiliários. É esse agente quem estabelece uma espécie de conexão entre a construtora e o cliente final dos empreendimentos.

Isso porque parte de seu trabalho consiste em divulgar às unidades a venda e fazer a gestão de relacionamento junto a clientes e potenciais clientes, além de cumprir funções de suma importância durante a fase de construção.

Para saber mais sobre o trabalho das incorporadoras, continue a leitura. Destacaremos os principais aspectos da atuação dessas empresas, diferenciando seu trabalho do de outros agentes, como as construtoras e imobiliárias.

A importância da incorporadora e/ou loteadora

O trabalho das incorporadoras ou loteadoras compreendem a quatro interfaces, sendo elas:

  1. A escolha do melhor local para construir loteamentos e empreendimentos;
  2. A atenção às questões contratuais e burocráticas;
  3. O registro das unidades habitacionais nas entidades correspondentes;
  4. Administrar o retorno financeiro advindo da venda dos imóveis.

Em outras palavras, a incorporadora cumpre papel fundamental em diferentes etapas do processo de construção e comercialização das unidades habitacionais de um empreendimento imobiliário, fazendo a conexão entre construtora e cliente final.

Vejamos, então, como se dá essa atuação em cada uma das interfaces citadas.

1) Escolha do local para construir loteamentos e empreendimentos

A escolha do local mais adequado para a construção do empreendimento deve levar em conta uma série de fatores. Tais como: observância do plano diretor da cidade, viabilidade comercial de um empreendimento na localidade, além de aspectos técnicos relacionados a obra.

Feita uma análise apurada de todas essas questões, é comum que a incorporadora feche uma parceria com a construtora para dar continuidade a execução física do projeto.

Algumas construtoras, com intuito de desburocratizar a implementação do projeto, já contam, no âmbito de sua própria estrutura administrativa, com um setor que cumprem o papel de uma incorporadora. Dessa forma, passa a ser possível atuar nas duas frentes de trabalho simultaneamente.

2) Atenção às questões contratuais e burocráticas

Como você já deve imaginar, o cronograma de execução física de uma obra é repleto de etapas e demanda um esforço logístico formidável para que tudo dê certo. Mas, para além desse trabalho, temos tramites legais a serem cumpridos que consistem, basicamente, na liberação da obra e registro dos imóveis.

Esse é um trabalho de altíssima responsabilidade que fica a cargo das incorporadoras, que se responsabilizam por realizar a interlocução com os órgãos competentes nas prefeituras.

3) Registro das unidades habitacionais

Unidades habitacionais são uma grande responsabilidade da incorporadora. (Fonte da imagem: Governo do Estado de São Paulo)

As unidades comercializadas nos empreendimentos devem ser registradas pela incorporadora, que fica responsável por acompanhar todo o processo.

Como você já deve saber, essa tramite junto a autoridades cartoriais não é dos mais simples, pois demanda a organização de uma série de documentos e conferência da devida regularidade tributária. Qualquer erro ou inconformidade pode comprometer o registro e posterior venda ou financiamento do imóvel.

4) O papel da incorporadora para a venda do imóvel

A incorporadora ou loteadora investe na fase de construção e loteamento dos empreendimentos para, então, comercializá-los para uma carteira de clientes. As vendas, em si, podem ser feitas pela própria empresa ou com o auxílio de imobiliárias parceiras.

Esse tipo de parceria costuma ser eficiente, pois as imobiliárias já estão inseridas no mercado e contam com um público cativo para o qual podem oferecer unidades do empreendimento.

Além disso, os corretores são os profissionais mais indicados para estabelecer relacionamento com os clientes nessa fase de venda, cumprindo papel fundamental na promoção do empreendimento, sabendo identificar o perfil de quem está apto a efetivar uma compra.

Em outras frentes de divulgação, as incorporadoras também atuam ativamente. No momento de estabelecer as ações de marketing e comunicação, por exemplo, é preciso pensar em uma linguagem própria para dialogar com o público, destacando as qualidades dos imóveis e as suas principais características. Para isso, o conhecimento das praças onde se está atuando, assim como do público-alvo cumpre papel fundamental.

Construtora x Incorporadora x Imobiliária

Até aqui falamos de três diferentes agentes que atuam no mercado imobiliário: construtoras, incorporadoras e imobiliários. Para que tudo fique mais claro, vejamos, de forma resumida, qual o papel de cada um deles.

Construtora

Como já destacado, a construtora é a empresa responsável pela execução física de um empreendimento. Isto é, é ela quem fica a cargo de todas as etapas da construção civil: projeto de engenharia, contratação de mão-de-obra, equipamentos, tecnologia construtiva e testes de qualidade.

A constituição física da obra, assim como a sua entrega dentro dos prazos acordados com os investidores do empreendimento, é de sua inteira responsabilidade. Nesse sentido, vale ressaltar que, em qualquer tempo, a construção não deve apresentar problemas como:

  • Instabilidade;
  • Rachaduras;
  • Infiltrações;
  • Irregularidades;
  • Trincas;
  • entre outros problemas estruturais.

Incorporadora

A incorporadora é a empresa responsável por identificar oportunidades, adquirir o terreno e realizar estudos de viabilidade do projeto do empreendimento. É a empresa empreendedora, que articula o negócio imobiliário.

A palavra “incorporação” para identificar essas empresas está relacionada à atividade de formalizar o registro imobiliário do condomínio na matrícula mãe (matrícula do terreno), o que é feito no Oficial (cartório) de Registro de Imóveis competente.

Imobiliária

As atividades de compra, venda, locação e administração de imóveis são típicas de uma empresa imobiliária. Por qualquer transação de compra ou aluguel de um imóvel, um percentual representativo de uma comissão é destinado à empresa por parte do proprietário.

Na execução dessas atribuições, as imobiliárias contam com a colaboração dos corretores, profissionais treinados e capacitados para prospectar oportunidades de negócios responsável por pesquisar, orientar e facilitar o processo de compra e venda aos vendedores e compradores.

Com este artigo, esperamos ter trazido bons esclarecimentos sobre no que consiste o trabalho de uma incorporadora/loteadora. Como você pôde conferir, esse tipo de negócio exerce um papel absolutamente estratégico no mercado imobiliário que apresenta diferenças significativas para o de outros agentes como construtoras e imobiliárias.

Para quem se interessa por esse segmento de mercado e sonha em atuar profissionalmente em uma incorporadora, a Unigran EAD conta com um curso de graduação inovador em Negócios Imobiliários. Para saber todas as informações sobre essa qualificação incrível, acesse nosso site!


Postagens Relacionadas