fbpx
Quais as principais fontes de energia? | Blog Unigran Net

As fontes de energia são recursos naturais ou artificiais utilizados para produção de algum tipo de energia em prol da sociedade. Mas quais são as principais fontes dela?

Nesse artigo você irá entender um pouco mais sobre as fontes de energia renováveis e não renováveis. Acompanhe!

Fontes de energia renováveis

As fontes renováveis de energia são aquelas que têm a capacidade de serem repostas de forma natural. Mas claro que é preciso tomar cuidado, porque isso não significa que elas sejam inesgotáveis. 

Dentre elas há o vento e a luz solar que são fontes infinitas, porém há também a água que pode acabar dependendo da forma e quantidade que for utilizada. 

Vale lembrar que nem toda fonte renovável de energia é limpa, ou seja, está livre da emissão de poluentes ou de impactos ambientais em larga escala.

Algumas das principais fontes de energia renováveis são:

Energia eólica:

O vento é um recurso energético renovável e, portanto, inesgotável. Mas claro que a sua frequência e intensidade será diferente em determinadas regiões do planeta, levando em consideração também todos os equipamentos específicos para essa função. 

(Fonte da Imagem: Blog Belgo be Kaert).

No processo de limpeza dessa energia, os ventos ativam as turbinas dos aerogeradores, fazendo com que eles convertam a energia mecânica em energia elétrica.

Por ter um custo muito alto, a energia eólica não é tão difundida atualmente. Mas é interessante destacar que uma das principais vantagens são a não emissão de poluentes na atmosfera e os baixos impactos ambientais.

Energia solar:

No caso dessa fonte, a energia solar irá aproveitar a luz do sol para gerar eletricidade e aquecer a água para uso em banhos, por exemplo. Assim como o vento, também é considerado uma fonte de energia inesgotável, isso porque o Sol existirá por bilhões de anos.

Há, porém, duas formas de gerar eletricidade a partir do sol, sendo elas: a fotovoltaica e a térmica.

Na primeira forma, são utilizadas células que empregam o “efeito fotoelétrico” para produzir eletricidade. Esse uso se popularizou com as inúmeras empresas de energia solar e aquelas placas que ficam no teclado justamente para fazer essa captação de energia. 

Já na segunda forma, por sua vez, utiliza-se o aquecimento da água tanto para uso direto quanto para geração de vapor, que atuará em processos de ativação de geradores de energia. 

(Fonte da Imagem: Intelbras).

Energia hidrelétrica:

A energia hidrelétrica corresponde ao aproveitamento da água dos rios para a movimentação das turbinas de eletricidade. 

No Brasil, essa é a principal fonte, isso porque o país possui uma grande disponibilidade de rios adequados para gerar essa energia. 

(Fonte da Imagem: Significados).

Nas usinas hidrelétricas, constroem-se barragens no leito do rio para represamento da água que será utilizada no processo de geração de eletricidade. É preferível realizar isso em rios que apresentem desníveis a fim de diminuir a superfície inundada. 

Fontes não renováveis de energia

Quando se fala sobre fontes de energia não renováveis se tratam daquelas que não irão se renovar rapidamente e que, por isso, são consideradas combustíveis fósseis causando grandes impactos no meio ambiente.

O nome “combustíveis fósseis” vem em razão de serem provenientes de reações químicas naturais, realizadas no interior da crosta terrestre e de matéria orgânica.

São elas o petróleo, o carvão mineral e o gás natural. Esses elementos demoraram milhares de anos para serem produzidos e são utilizados na indústria pela sua alta capacidade de combustão.

O petróleo, por sua vez, é mais usado como combustível dos veículos automotivos, enquanto o gás natural é usado como combustível de veículo e também no meio doméstico, com o gás de cozinha.

A energia nuclear é adquirida pela quebra ou fissão do núcleo atômico, em usinas nucleares. Essa energia não se renova, pois um núcleo quebrado não retorna ao seu estado original. 

Mas é importante considerar a alta radioatividade que é liberada após a quebra de um núcleo, porque além de ser altamente nocivo a saúde, também pode promover acidentes graves, como a explosão de usinas nucleares (caso de Chernobyl).

Leia também: Como funciona um reator nuclear?

Na Graduação em Geografia da Unigran EAD você aprende mais sobre as diversas fontes de energia, suas vantagens e desvantagens. 

São oito semestres com o objetivo de proporcionar ao profissional uma formação teórico-prática, assim como a compreensão do processo de produção e reprodução do espaço e as formas como a sociedade se relaciona com a natureza e com os processos geográficos, sendo tudo pautado em fundamentos do campo da Geografia.

Acesse nosso site para consultar as formas de ingresso e a grade curricular completa. Clique aqui

Leia também: Como é a formação da Aurora Boreal? 


Postagens Relacionadas