fbpx
Contabilidade é de humanas ou exatas? | Blog Unigran Net

Planilhas, valores que entram e saem, números e muita matemática. Assim é a rotina de um profissional de contabilidade. Levando isso em consideração, pode-se afirmar que as Ciências Contábeis estão inseridas na área de exatas, não é mesmo?

Na verdade, não é bem assim. A resposta é um pouco mais complexa. E o simples fato da contabilidade ter os números como sua principal ferramenta não a torna, necessariamente, uma ciência exata.

Mas, então, isso quer dizer que trata-se de uma ciência social? Neste artigo, você descobrirá a resposta! Para isso, apresentamos aqui o conceito, as áreas de atuação e a importância das Ciências Contábeis. Acompanhe!

O que é a contabilidade?

O principal objetivo da contabilidade é cuidar do patrimônio de pessoas, empresas, instituições ou órgãos públicos. Sendo assim, o contador é o profissional responsável por acompanhar, analisar e registrar qualquer movimentação nesse patrimônio. Isso inclui, por exemplo, compras, vendas, pagamentos de impostos, entre outros aspectos.

Mas isso não significa que a função do contador se resume a preencher planilhas e encaminhar relatórios. Mais que isso, o profissional de contabilidade é capaz de analisar movimentações financeiras e o próprio cenário econômico para fornecer informações detalhadas e estratégicas para tomadas de decisões.

Por isso, este profissional, muitas vezes, assume o papel de analista ou guia financeiro. Cabe, portanto, ao contador lidar com uma série de variáveis que vão além dos números. Logo, a contabilidade é considerada uma ciência social aplicada, e não uma ciência exata.

Mas, o que é uma ciência social aplicada?

As ciências sociais aplicadas são, muitas vezes, interdisciplinares. Isso significa que elas são capazes de unir diferentes campos do conhecimento para compreender necessidades da vida em sociedade e, consequentemente, propor soluções.

No caso da contabilidade, além de lidar com números, também é preciso ter, por exemplo, conhecimentos sobre direito e administração. Além disso, é importante compreender as relações econômicas, seus impactos e influências.

Portanto, nas Ciências Contábeis, os números são considerados apenas ferramentas de trabalho. Assim, o profissional desta área somente se preocupa com os números que estão ligados ao meio social, à vida cotidiana ou corporativa. É justamente esse caráter aplicado à vida em sociedade que faz da contabilidade uma ciência social.

Quais são as áreas de atuação do contador?

A carreira do profissional de contabilidade é uma das mais promissoras no Brasil. Isso se deve, principalmente, à alta empregabilidade. Afinal, toda empresa, independentemente do porte, precisa de um contador para realizar o controle e a prestação de contas.

De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a taxa de empregabilidade entre os contadores chega a 93,8%. E, segundo a Fundação Brasileira de Contabilidade, hoje o país conta com 530.373 profissionais atuando nesta área.

Entre as carreiras possíveis para quem se forma em Ciências Contábeis, a auditoria é uma das principais. Neste caso, o profissional é responsável por verificar e certificar transações financeiras de empresas e órgãos públicos. Basicamente, sua função é evitar erros, brechas ou ilegalidades que possam causar algum prejuízo.

O contador também pode oferecer serviços de assessoria contábil, fiscal e pessoal. Esta é a alternativa dos profissionais que trabalham como autônomos. Além disso, é possível trabalhar com análise financeira e até perícia contábil. Mas, o ideal é que o profissional busque se especializar em uma área.

contabilidade auditoria

O contador precisa ser muito bom em matemática?

A ideia de que o contador é uma calculadora ambulante vem do fato de muitos ainda acreditarem que a contabilidade é uma ciência exata. Como já vimos que isto não é verdade, é hora de desmistificar o segundo mito da profissão.

De fato, o contador precisa ter uma certa familiaridade com os números. Tanto que os cursos oferecem disciplinas como cálculo e estatística. Porém, a área não exige conhecimentos profundos de matemática, tais como os que são exigidos nas engenharias, por exemplo.

Além disso, os avanços da tecnologia contribuíram bastante para facilitar o trabalho do contador. Prova disso é que hoje existem inúmeros softwares e sistemas automatizados capazes de realizar os cálculos mais complexos.

Ainda assim, é importante que o contador tenha prazer em lidar com números, afinal, eles fazem parte da rotina da profissão. Lembrando também que o olhar humano, quando atento, pode detectar falhas mesmo em cálculos feitos pelas máquinas.

contabilidade calculadora

Se você gosta de números e da forma como eles são aplicados à vida das pessoas, a carreira de contabilidade pode ser uma ótima opção.

Por isso, convidamos você a conhecer o MBA em Contabilidade Gerencial e Controladoria. O objetivo deste curso é capacitar profissionais, agregando conhecimentos avançados na área contábil para ajudar nos processos de tomada de decisão em organizações.

Clique aqui para saber mais sobre esta pós-graduação oferecida pela Unigran EAD.


Postagens Relacionadas