fbpx
Qual a diferença da psicopedagogia e neuropsicopedagogia? | Blog Unigran Net

Por mais que os termos sejam parecidos, os profissionais de psicopedagogia e neuropsicopedagogia atuam de maneiras diferentes no mercado.

Acompanhe o artigo para entender melhor como funciona cada uma delas e porque é tão importante saber suas principais diferenças.

A Psicopedagogia:

Desde que nascemos somos expostos a diferentes tipos de aprendizado e, parte de nossa vida é construir todo esse conhecimento a fim de aplicá-lo. Seja na fala, no próprio andar ou mais a frente nos anos de escola, faculdade ou cursos.

A psicopedagogia vai, portanto, entender como funciona o processo humano de assimilar e construir todo esse conhecimento. Para isso, como o seu próprio nome já sugere, ela irá usar 2 saberes: a pedagogia e a psicologia.

O papel do psicopedagogo é então identificar problemas no processo de aprendizagem e procurar formas de solucioná-los ou melhorá-los. Além disso, devem buscar a origem dessa dificuldade ou de comportamentos inadequados que corrompem o ambiente de ensino.

A Neuropsicopedagogia:

A neuropsicopedagogia é a área que tem como objetivo conhecer todo o sistema nervoso e estudá-lo voltando seu olhar ao processo de aprendizagem e seu funcionamento por completo.

Através desse entendimento, a neuropsicopedagogia irá promover uma reintegração não apenas educacional, mas também pessoal e social.

(Fonte da Imagem: Ibfpos).

Tendo tudo isso em vista, conclui-se que a função do neuropsicopedagogo é atuar na intervenção de obstáculos à aprendizagem. Portanto é sua função identificar, prevenir e tratar possíveis distúrbios buscando a relação entre a neurociência, psicologia cognitiva e pedagogia.

O mercado de trabalho é amplo, pois o profissional poderá atuar na área hospitalar, clínica e institucional.

  • Hospitalar: em unidades de internação, brinquedotecas para análise de comportamentos ou até mesmo ambulatórios;
  • Clínica: postos de saúde, espaços voltados a atendimentos sociais e o consultório próprio;
  • Institucional: escolas, universidades e até ONGs, em alguns casos.

Principais diferenças entre psicopedagogia e neuropsicopedagogia:

Ainda que as duas tenham muitas semelhanças acerca do seu foco no processo de aprendizagem, o dia a dia e desenvolvimento de cada área é diferente.

Portanto, pode-se destacar como diferença o fato da neuropsicopedagogia estar diretamente ligada a ações que visam prevenir que essas interferências cheguem ao processo de aprendizado.

Uma vez que o profissional dessa área usará os conhecimentos do sistema nervoso para analisar as questões sobre o funcionamento do mesmo em relação a todo processo de aprendizagem.

Além disso, o psicopedagogo irá usar métodos para facilitar esse aprendizado. Já o neuropsicopedagogo vai além desses métodos. Eles usam testes que apontam para o mapeamento das áreas do cérebro.

A Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia Clínica e Institucional da Unigran EAD vem com objetivo de complementar a formação de psicólogos, pedagogos e demais profissionais da área da educação. Além de expandir as suas capacitações e te colocar em vantagem no mercado de trabalho. Clique aqui para saber mais!

Mas se ao ler o texto você se identificou mais com a psicopedagogia e gostaria de aprofundar seus conhecimentos na área, não se preocupe! Na Unigran EAD você também encontra a Pós-Graduação em Psicopedagogia. Conheça mais sobre essa possibilidade clicando aqui.

Leia também: Qual a hora certa de fazer a Pós-Gradução?


Postagens Relacionadas